Carnaval na Europa

como é o carnaval europeu

Na Europa, máscaras e frio para o Carnaval

O Brasil é conhecido mundialmente por suas tradicionais festas de Carnaval. Escolas de samba preparam lindos desfiles durante o ano todo. Foliões esperam fevereiro para ir atrás dos trios elétricos e mostrar samba no pé na Sapucaí ou avenidas do país inteiro. Mas se engana quem pensa que no inverno gelado da Europa não acontecem comemorações à altura na data.

O Carnaval de Veneza, na Itália, é uma das comemorações mais antigas do mundo e é famoso pela sua sofisticação e clima de mistério, que vem da tradição do uso de belíssimas máscaras. O costume iniciou no século XVII quando a nobreza usava as máscaras para se misturar ao povo. O desfile de carros alegóricos, como conhecemos no Brasil, são feitos por gôndolas que passam pelos canais da cidade. Apresentações de teatro de rua, bandas, danças e concursos, como o La Maschera piú bela, que escolhe as fantasias mais bonitas acontecem na Piazza San Marco e nos salões ocorrem as tradicionais festas com homens e mulheres elegantemente vestidos com trajes típicos inspirados século XVlll e, claro, máscaras.

Na Alemanha, o Carnaval já começa em novembro! Mas a abertura oficial da festa mais tradicional do país, realizada na cidade de Colônia, o Weiberfastnacht, acontece apenas em fevereiro. No evento, mulheres desfilam de máscara antecedendo o trio Dreigestirn: o camponês, a virgem e o príncipe. Na Segunda-Feira das Rosas, há desfile com carros alegóricos, músicas e cavalos. Durante o Rosenmontag flores e doces são atirados para os aproximadamente 1 milhão de foliões presentes nas ruas.

 A tradição dos espanhóis é o enterro da sardinha. Sitges, uma pequena cidade distante 35km ao sul de Barcelona, vira uma festa ao ar livre por uma semana. A festa começa com a chegada do Rei e da Rainha do Carnaval e apresentações de dança e desfiles de carros alegóricos pelas ruas. No último dia, o desfile imita um cortejo fúnebre que acaba com a queima da sardinha e fogos de artificio.

Na Croácia, o Carnaval celebra a aproximação da primavera afugentando os espíritos do mal. Na cidade de Rijeka, acontecem desfiles com carros alegóricos e o público assiste com máscaras e fantasias inspiradas nos camponeses antigos. O Zvončari é a principal figura do Carnaval Croata. Usando máscaras e vestindo peles de animais, o Zvončari percorre as ruas dançando e batendo sinos para afastar os maus espíritos.

A principal celebração na Bélgica, preserva tradições da Idade Média, acontece na vila de Binche e é considerada Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela Unesco. No principal evento, aproximadamente mil Gilles desfilam pelas ruas da cidade vestindo máscaras de cera, chapéus de plumas de avestruz e trajes vermelhos, amarelos e pretos. Os homens que encenam o personagem típico do carnaval belga, carregam cestos com laranjas para atirar no público como símbolo de boa sorte.

O principal evento de inverno da Riviera Francesa é o Carnaval de Nice. De acordo com a tradição, na Idade Média, os habitantes desfrutavam de uma refeição especial antes de começarem o jejum da carne durante os quarenta dias que antecedem a Páscoa. Hoje em dia, todo ano é escolhido um tema que é refletido nos diferentes desfiles de carros alegóricos decorados com flores, bonecos gigantescos e muitas luzes.

---

Se você estiver preparado para realizar o seu sonho de maneira correta, nos procure.

Nós somos uma empresa especializada e com mais de 10 anos de experiência em processos de dupla cidadania.

Com escritórios em São Paulo, Curitiba e Dublin temos uma localidade próxima, para maior conforto e agilidade.

SÃO PAULO
+55 11 4221-5746 | 4224-6163

Rua Piauí, 528 - Bairro Santa Paula
São Caetano do Sul / SP - CEP: 09541-150

CURITIBA
+55 41 3209 6799

Rua João Negrão, 731 loja 2 - Centro
Curitiba / PR - CEP: 80010-200

DUBLIN
+353 1 442 9751

77 Benburb Street - Smithfield
Dublin / Irlanda

 

Cidadão poderá obter identidade e passaporte em cartórios

Cidadão poderá obter identidade e passaporte em cartórios

Cidadão poderá obter identidade e passaporte em cartórios

A fim de diminuir a burocracia e estender a rede de atendimento aos cidadãos, a Corregedoria Nacional aprovou uma medida administrativa possibilitando a obtenção de passaportes e identidades em cartórios em todo país.

Atualmente existem 8.259 cartórios de Registro civil no Brasil e para que estes tenham o serviço disponível, terão que assinar um convênio com os Órgãos competentes, que analisarão a viabilidade jurídica, técnica e financeira do cartório.

---

Se você estiver preparado para realizar o seu sonho de maneira correta, nos procure.

Nós somos uma empresa especializada e com mais de 10 anos de experiência em processos de dupla cidadania.

Com escritórios em São Paulo, Curitiba e Dublin temos uma localidade próxima, para maior conforto e agilidade.

SÃO PAULO
+55 11 4221-5746 | 4224-6163

Rua Piauí, 528 - Bairro Santa Paula
São Caetano do Sul / SP - CEP: 09541-150

CURITIBA
+55 41 3209 6799

Rua João Negrão, 731 loja 2 - Centro
Curitiba / PR - CEP: 80010-200

DUBLIN
+353 1 442 9751

77 Benburb Street - Smithfield
Dublin / Irlanda

---

Fonte: http://www.cnj.jus.br/noticias/cnj/86085-medida-da-corregedoria-facilita-a-emissao-de-documentos-de-identificacao

 

A febre amarela e a exigência do Certificado Internacional de Vacinação para viajantes

A febre amarela e a exigência do Certificado Internacional de Vacinação para viagens

A febre amarela e a exigência do Certificado Internacional de Vacinação para viajantes

Em 2017, o Brasil foi atingido por uma epidemia de febre amarela com o maior número de humanos contaminados pelo vírus desde a década de 1980. Com o surto, vários países da América do Sul e América Central passaram a exigir o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP) de brasileiros. Nesse ano, a doença volta a assustar a população brasileira e a lista de países que exige o CIVP, atualizada pela Organização Mundial da Saúde, pode continuar aumentando.

A exigência da vacina é principalmente de países que tem risco de surto de febre amarela. Geralmente, situados em latitude tropical ou subtropical, possuem áreas de floresta onde se proliferam os mosquitos transmissores. Portanto, praticamente todos os países da África fazem exigência do Certificado. Assim como Caribe, Venezuela, Austrália, Malta, China, Egito, Filipinas, Tailândia, Índia, entre outros.

Se você tem viagem marcada, programe-se. Primeiro porque é necessário que você tome a vacina pelo menos 10 dias antes de viajar. O posto de saúde ou clínica particular vai emitir um comprovante que você deverá apresentar junto com seu documento com foto na Agência Nacional de Vigilância Sanitária para emissão do CIVP. Segundo que, para conseguir o Certificado, é preciso fazer um cadastramento no site da Anvisa para agendar a retirada. E no Estado de São Paulo, por exemplo, em alguns postos do órgão, esse agendamento está demorando até três meses. Também por causa dessa grande procura pelo documento, a Anvisa está priorizando, nesse momento, o atendimento às pessoas que comprovam que vão viajar para países onde já existe a exigência do CIVP.

Desde o dia 25, o Ministério da Saúde adiantou o programa de vacinação com doses fracionadas, de 0,1 ml que protegem por oito anos. Essa dosagem, que está sendo usadas para poder atender um número maior de pessoas, não é aceita para a emissão do Certificado. É preciso que o viajante tome a dose inteira, de 0,5 ml e que protege por toda a vida. Portanto, para receber a dose padrão de 0,5 ml, você deve apresentar a passagem ou comprovante de viagem no posto de vacinação.

O grupo que não pode tomar a vacina e inclui mulheres grávidas, bebês com menos de seis meses, pessoas em tratamento de quimioterapia ou radioterapia, portadores do vírus HIV e alérgicos a componentes da vacina, terá que apresentar no lugar do CIVP um atestado médico de isenção de vacinação redigido em inglês ou francês. Há no site da Anvisa um modelo de atestado.

Ainda, de acordo com o site da Agência, o certificado é válido para a vida toda, sem necessidade de renovação. Para quem já se vacinou e perdeu o CIVP precisa realizar um novo agendamento nos postos de emissão e, a partir dos seus dados cadastrais, você receberá uma nova via do documento. Se você está no exterior, procure pelo consulado brasileiro para solicitar a segunda via do CIPV.

---

Se você estiver preparado para realizar o seu sonho de maneira correta, nos procure.

Nós somos uma empresa especializada e com mais de 10 anos de experiência em processos de dupla cidadania.

Com escritórios em São Paulo, Curitiba e Dublin temos uma localidade próxima, para maior conforto e agilidade.

SÃO PAULO
+55 11 4221-5746 | 4224-6163

Rua Piauí, 528 - Bairro Santa Paula
São Caetano do Sul / SP - CEP: 09541-150

CURITIBA
+55 41 3209 6799

Rua João Negrão, 731 loja 2 - Centro
Curitiba / PR - CEP: 80010-200

DUBLIN
+353 1 442 9751

77 Benburb Street - Smithfield
Dublin / Irlanda

 

Para o ano novo, realizar o sonho da cidadania

Para o ano novo, realizar o sonho da cidadania

2018 está começando e com o ano novo surgem novos planos. Trocar de emprego, voltar a estudar, aquele MBA ou intercâmbio tão desejado, a viagem dos sonhos, ... a dupla cidadania. Com um número cada vez maior de imigrantes brasileiros, viver fora do país se torna mais fácil quando se é também cidadão europeu.

Para descendentes de italianos, o reconhecimento pode ser feito através do princípio Juris Sanguinis (direito de sangue) e não existe limite de gerações. Seja filho, neto, bisneto ou trisneto todos tem igualmente direito à cidadania italiana. A única restrição legal são para descentes de mulheres nascidos antes de 1º de janeiro de 1948, devendo ter o processo primeiramente encaminhado por via judicial.

O primeiro passo é encontrar a documentação. É necessário reunir certidões em Inteiro Teor desde o italiano até as suas, incluindo todos nascimentos, casamentos e óbitos da linhagem. Em alguns casos, podem ser necessárias retificações judiciais para depois encaminhar todos documentos brasileiros à tradução juramentada, quando o processo for desenvolvido na Itália.

Em média, o processo na Itália leva até seis meses para ser concluído, para desenvolver o mesmo pedido do Brasil você pode esperar até dez anos para ter sua cidadania italiana reconhecida, pois depende dos Consulados Italianos. Portanto, fazendo seu registro de residência na Itália, um vigile irá visitar o imóvel para confirmar sua residência. E, de acordo com a legislação italiana, o fiscal tem até 45 dias para essa visita.

Após a confirmação de residência feita pelo vigile, é necessário esperar pela resposta da Certidão de Não Renúncia à Cidadania Italiana para então assinar a Carta d’Identitá e encaminhar o passaporte italiano.

Um ano novo é a oportunidade ideal para decidir mudar de vida e realizar sonhos. Se você estiver preparado para realizar o seu sonho de maneira correta, nos procure. Nós somos uma empresa especializada e com mais de 10 anos de experiência em processos de dupla cidadania. Com escritórios em São Paulo, Curitiba e Dublin temos uma localidade próxima, para maior conforto e agilidade.

---

Se você estiver preparado para realizar o seu sonho de maneira correta, nos procure.

Nós somos uma empresa especializada e com mais de 10 anos de experiência em processos de dupla cidadania.

Com escritórios em São Paulo, Curitiba e Dublin temos uma localidade próxima, para maior conforto e agilidade.

SÃO PAULO
+55 11 4221-5746 | 4224-6163

Rua Piauí, 528 - Bairro Santa Paula
São Caetano do Sul / SP - CEP: 09541-150

CURITIBA
+55 41 3209 6799

Rua João Negrão, 731 loja 2 - Centro
Curitiba / PR - CEP: 80010-200

DUBLIN
+353 1 442 9751

77 Benburb Street - Smithfield
Dublin / Irlanda

 

 

Buscar

Descubra lugares e destinos turísticos no Brasil e no exterior para sua próxima viagem, passeio ou férias. Notícias em texto e vídeo sobre turismo e viagem.