Acordo isenta brasileiros de visto para os Emirados Árabes

Acordo isenta brasileiros de visto para os Emirados Árabes

Brasileiros não precisam mais de visto para turistar pelos Emirados Árabes

Que tal visitar uma das regiões mais ricas do Golfo Pérsico, onde o petróleo financia a construção de incríveis cidades no meio do deserto? Pois está mais fácil turistar pelos Emirados Árabes Unidos, seus hotéis e shoppings luxuosos, ilhas artificias e arranha-céus. Desde 3 de junho, brasileiros não precisam de visto para entrar sair e circular livremente pelos EAU dentro de um período de aproximadamente três meses.

O Brasil e os Emirados Árabes assinaram um acordo bilateral que isenta a necessidade de visto para os cidadãos dos dois países. Brasileiros que viajarem para Dubai e Abu Dhabi, por exemplo, podem permanecer por até 90 dias no país – a cada 12 meses – para turismo, trânsito ou visitas de negócios. Para estudos ou trabalho ainda será necessária uma autorização específica, emitida de acordo com exigências de cada país.

O acordo pretende atrair mais turistas, assim como fortalecer as relações comerciais e de cooperação entre os dois países. Para entrar em um dos sete emirados que fazem parte dos EAU é necessária apenas a apresentação do passaporte brasileiro com mais de seis meses de validade. Assim como para a chegada a países europeus, não é necessário qualquer burocracia ou pagamento de taxas.

Antes do tratado começar a valer, era necessário o pagamento de US$ 96,59 para a emissão de um visto simples, que permitia apenas uma única entrada nos Emirados Árabes. Além disso, era preciso ter um intermediador, como uma agência de viagens ou uma companhia aérea, no pedido do visto.

Agora, com uma maior facilidade no fluxo de turistas entre os dois países, a tendência é que aumente o interesse de turistas brasileiros no país árabe como destino de férias ou como opção de conexão para lugares como Austrália, China ou Índia, por exemplo. Principalmente depois de ambos entrarem no ranking dos 25 que mais gastaram com turismo internacional no ano passado. De acordo com a Organização Mundial do Turismo, os brasileiros gastaram US$ 19 bilhões turistando em 2017, garantindo a 16ª posição na lista. Enquanto, os Emirados Árabes, ocuparam o 20º lugar.

 

----

Nós somos uma empresa especializada e com mais de 10 anos de experiência em processos de dupla cidadania.

Com escritórios em São Paulo, Curitiba, Dublin e Portugal temos uma localidade próxima, para maior conforto e rapidez.

SÃO PAULO
+55 11 4221-5746 | 4224-6163
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Rua Piauí, 528 - Bairro Santa Paula
São Caetano do Sul / SP - CEP: 09541-150

CURITIBA
+55 41 3209 6799
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Rua João Negrão, 731 loja 2 - Centro
Curitiba / PR - CEP: 80010-200

DUBLIN
+353 1 442 9751
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
77 Benburb Street - Smithfield
Dublin / Irlanda

PORTUGAL
+353 289 117 933 / 9393 42494
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Rua Rainha D. Leonor, 101 – Loulé
Faro / Portugal

ESPANHA
+34 632 193 15 
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Plaza Unniversitat, 03 - piso 6 - Centro
Barcelona / Espanha

 

 

Inauguração de filial GHF na Espanha

inaugurada nova filial da GHF em Barcelona

Nova Filial GHF em Barcelona

A GHF conta com mais uma filial europeia, agora na Espanha. A Filial inaugurada na semana passada, está localizada em Barcelona, a segunda cidade mais populosa da Espanha  e a maior metrópole do Mar Mediterrâneo.

O novo escritório prestará os mesmos serviços de outras filiais da GHF: soluções em  dupla cidadania, assessoria consular, passaportes, traduções, retificações e pesquisas.

A capital Catalunha foi selecionada por ser um grande polo turístico e econômico, além de possuir um grande número de imigrantes residentes que possuem ascendência europeia.

Agende sua visita para saber mais sobre seus direitos: Plaza Universitat, 03 – piso 06 – Centro. Telefone: +34 632 193 152 – O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

panfleto barcelona englishpanfleto barcelona portugues

Copa 2018 na Rússia

A Copa do Mundo na Rússia

2018 é ano de Copa do Mundo. E a 21ª edição do campeonato está prestes a começar no país com maior área do planeta. A abertura acontece dia 14 de junho e a Rússia e seus mais de 140 milhões de habitantes já estão prontos para receber os turistas nas onze cidades que sediarão os jogos.

Brasileiros não precisam de visto para permanecer na Rússia por até 90 dias, basta apresentar passagem de volta e preencher um formulário na entrada no país. O cartão de imigração terá duas vias: uma delas ficará com o departamento de imigração e a outra você precisará devolver ao sair do território russo. Nele constarão as informações da data da sua chegada, portanto você deve levá-lo sempre com você e não pode ser perdido, já que ele é fundamental para provar que você não está ilegal no país. Em caso de perda, procure imediatamente pela Embaixada Brasileira.

Na Rússia, é comum policiais pararem as pessoas na rua para verificar documentos. Essas abordagens são aleatórias. Portanto esteja sempre em posse do seu passaporte e do cartão da imigração. Outro documento necessário é o registro migratório, nele constará seu endereço e o período que permanecerá no local. Se você irá se hospedar em hotel ou hostel, o estabelecimento irá providenciar seu registro. Ainda, durante a Copa, os torcedores com ingressos para os jogos, terão o FAN ID que servirá como visto e possibilitará a entrada nos estádios. Porém este documento disponibilizado pela FIFA não exclui a necessidade de você apresentar passaporte, cartão de imigração e registro migratório, caso abordado pela polícia local.

Uma das preocupações da FIFA nesta Copa do Mundo tem sido a questão da homofobia. A Rússia é considerada um dos países mais homofóbicos do mundo, inclusive com lei que proíbe a “propaganda da homossexualidade”, ou seja mensagens de apoio e até uso de símbolos LGBTs, como a bandeira com as cores do arco-íris, não podem ser exibidos publicamente sob risco de multa e prisão. E, de acordo com pesquisas, 90% da população russa é favorável à legislação. Apesar disso, a Federação organizadora do evento permitirá a exibição de bandeiras LGBT nos estádios.

Mas pensando em garantir a segurança dos turistas e empenhando-se em alterar a imagem da polícia russa e ao mesmo tempo construir a imagem de um país acolhedor, o governo russo criou a “polícia turística”. As unidades, formadas por agentes do ministério do Interior e que estarão posicionadas ao redor dos estádios e das fan-zones nas onze cidades-sede, falam várias línguas – já que muitos russos, inclusive na imigração, dificilmente falam outra língua, incluindo inglês.

---

Nós somos uma empresa especializada e com mais de 10 anos de experiência em processos de dupla cidadania.

Com escritórios em São Paulo, Curitiba, Dublin e Portugal temos uma localidade próxima, para maior conforto e rapidez.

SÃO PAULO
+55 11 4221-5746 | 4224-6163
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Rua Piauí, 528 - Bairro Santa Paula
São Caetano do Sul / SP - CEP: 09541-150

CURITIBA
+55 41 3209 6799
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Rua João Negrão, 731 loja 2 - Centro
Curitiba / PR - CEP: 80010-200

DUBLIN
+353 1 442 9751
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
77 Benburb Street - Smithfield
Dublin / Irlanda

PORTUGAL
+353 289 117 933 / 9393 42494
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Rua Rainha D. Leonor, 101 – Loulé
Faro / Portugal

 

O segredo da Torre Pisa

Cientistas descobrem o que mantém a Torre de Pisa de pé

 

A Torre de Pisa, inaugurada em 1372 e conhecida mundialmente por sua inclinação, era um grande mistério até para engenheiros: como o campanário, construído há mais de 600 anos e após 4 terremotos, resiste mesmo sendo tão inclinada?

Um grupo de 16 engenheiros da universidade italiana Roma Tre e da universidade inglesa de Bristol descobriu que o que mantém a torre de pé é o mesmo fator que a inclinou: o solo. "Podemos dizer agora que, ironicamente, o mesmo solo que causou a inclinação da torre e a levou à beira do colapso também a ajudou a superar os episódios sísmicos", disse George Mylonakis, do departamento de Engenharia Civil da Universidade de Bristol.

 Composto por argila e areia, o terreno, pouco firme para sustentar uma construção de quase 15 mil toneladas, começou a afundar e inclinar a torre logo após apenas três andares concluídos. A construção parou por quase 100 anos, quando mais quatro andares, ligeiramente mais altos de um lado, foram construídos para tentar compensar a inclinação. Porém, o excesso de peso fez com que a torre afundasse, dessa vez, para o outro lado.

O segredo, portanto, para a manutenção da Torre de pé é uma interação dinâmica entre solo e estrutura (DSSI), ou seja, uma combinação entre as características do terreno, o solo macio, e sua estrutura, altura e rigidez. Isso faz com que a ressonância dos movimentos sísmicos seja menor e reduz os efeitos dos tremores.

Com 55 metros de altura e 300 degraus, a torre projetada para abrigar o sino da catedral da cidade italiana de Pisa, pende em um ângulo de cinco graus, o que faz com que fique até cinco metros fora do eixo no seu topo. Diversas foram as tentativas que o governo italiano tentou para evitar a contínua inclinação da edificação, inclusive proibindo a visitação do público entre 1990 e 2001. Após 11 anos de trabalho de restauração e a redução da inclinação em 40 centímetros, a Torre foi reaberta ao público após solucionar o problema com a extração controlada de parte do subsolo do lado oposto do declive.

Os resultados dos novos estudos feitos pelos cientistas italianos e ingleses serão apresentados em junho na Grécia, durante a 16ª Conferência Europeia de Engenharia e Terremotos.

 

Nós somos uma empresa especializada e com mais de 10 anos de experiência em processos de dupla cidadania.

Com escritórios em São Paulo, Curitiba, Dublin e Portugal temos uma localidade próxima, para maior conforto e rapidez.

SÃO PAULO
+55 11 4221-5746 | 4224-6163
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Rua Piauí, 528 - Bairro Santa Paula
São Caetano do Sul / SP - CEP: 09541-150

CURITIBA
+55 41 3209 6799
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Rua João Negrão, 731 loja 2 - Centro
Curitiba / PR - CEP: 80010-200

DUBLIN
+353 1 442 9751
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
77 Benburb Street - Smithfield
Dublin / Irlanda

PORTUGAL
+353 289 117 933 / 9393 42494
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Rua Rainha D. Leonor, 101 – Loulé
Faro / Portugal

Buscar