Para onde vão as moedas da Fontana di Trevi?

Quem já foi para Itália e visitou Roma, certamente não deixou de passar na Fontana di Trevi e fazer seu pedindo jogando uma moedinha na mais famosa fonte dos desejos. Mas você já se perguntou para onde vão os cerca de 1,5 milhões de euros arrecadados anualmente?
Atualmente, as moedinhas jogadas por milhares de turistas se destinam para uma rede de organizações humanitária, a Caritas. A entidade realiza projetos sociais destinados a ajudar os mais pobres. Mas a prefeita de Roma, Virginia Raggi, tentou alterar o destino do dinheiro para investimento na manutenção de pontos turísticos.

A Igreja Católica, empenhada em manter decisão do antigo prefeito, Walter Veltroni – que em 2001 destinou as moedas da fonte para a Caritas –, publicou um artigo que sensibilizou os romanos e estes protestaram contra a proposta de mudança da prefeita. A decisão de manter a arrecadação para a caridade garantiu ainda a ampliação das doações, já que a partir de agora, a rede de organizações receberá também as moedas recolhidas em outras fontes da cidade.

Roma contabiliza hoje mais de 10 mil desabrigados. E a maior parte do dinheiro jogado pelos turistas na fonte é usado para a criação de abrigos, refeitórios sociais e supermercados com descontos para os mais necessitados.

 

Buscar